clic e alimente os peixinhos

terça-feira

Experiências de ilusões, mágica




Experiências
eu no laboratório demonstrando ilusões d'ótica

Os alunos da escola Tamandaré, realizando experiências de ilusão de ótica, mágicas, demonstrando que os sentidos também nos enganam, portanto devemos sempre investigar, passar pelo crivo da razão...........
Passar do senso comum à consciência filosófica significa passar de uma concepção fragmentária, incoerente, desarticulada, implícita, degradada, mecânica, passiva e simplista a uma concepção unitária, coerente, articulada, explícita, original, intencional, ativa e cultivada
Se me disponho a filosofar, é porque busco compreender as coisas e os fatos que me envolvem, a Realidade em que estou imerso. E porque quero saber o que posso saber e como devo ordenar minha visão do Mundo, como situar-me diante do Mundo físico e do Mundo humano e de tudo quanto se oferece à minha experiência. Como entender os discursos dos homens e meu próprio discurso. Como julgar os produto das artes, das religiões e das ciências.
O termo Ilusão de óptica aplica-se a todas ilusões que «enganam» o sistema visual humano fazendo-nos ver qualquer coisa que não está presente ou fazendo-nos vê-la de um modo erróneo. Algumas são de carácter fisiológico, outras de carácter cognitivo.
O que vemos é sempre, em certa medida, uma ilusão. A nossa imagem mental do mundo só vagamente tem por base a realidade. Porque a visão é um processo em que a informação que vem dos nossos olhos converge com a que vem das nossas memórias. Os nomes, as cores, as
formas usuais e a outra informação sobre as coisas que nós vemos surgem instantaneamente nos nossos circuitos neuronais e influenciam a representação da cena.

Um comentário:

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM - FILOSOFIA

Demonstre conhecimento e familiaridade para com os autores ou clássicos da Filosofia necessários para a construção da argumentação filosófica; utilize-se de conceitos filosóficos para o desenvolvimento do pensamento e a organização da argumentação de uma maneira lógica; elabore e relacione argumentos para a intervenção nos problemas abordados, sabendo se posicionar e defender sua concepção, sem perder o respeito às concepções divergentes ou contrárias, que seja capaz de dialogar com os mais diferentes conceitos filosóficos; apresente um raciocínio lógico e criativo na resolução de problemas filosóficos; interprete e conheça os textos filosóficos.

As três peneiras de Sócrates

Trabalho realizado com alunos do 1D Noturno bloco A FILOSOFIA

ÈTICA

Atividades sobre os conteúdos trabalhos, ETICA/POLÌTICA 2º anos A, C