clic e alimente os peixinhos

quarta-feira

A ideologia cientificista, testes

A ideologia cientificista, testes

  1. O que é Cientificismo?

    É uma crença infundada de que a ciência pode e deve conhecer tudo.

    Ideologia da ciência:
    Crença no progresso e na evolução dos conhecimentos que um dia explicarão totalmente a realidade e permitirão manipula-la tecnicamente, sem limites para a ação humana.

    Mitologia da ciência:
    Crença na ciência como se fosse magia e poderio ilimitado sobre as coisas e os homens, dando-lhe o lugar que muitos costumam dar às religiões, isto é, um conjunto doutrinário de verdades intemporais, absolutas e inquestionáveis.
    A ideologia e a mitologia cientificistas encaram a ciência não pelo prisma do trabalho do conhecimento, mas pelo prisma dos resultados e sobretudo como uma forma de poder social e de controle do pensamento humano.

    O QUE É QUE AS PESSOAS COMUNS PENSAM QUANDO SE FALA EM CIÊNCIA OU CIENTISTA?
  • gênio, louco, que inventa coisas fantásticas...
  • pessoa que convive com fórmulas, números, e fórmulas incompreensivas aos mortais,
  • pessoa que tudo sabe, que os outros devem ouvir etc....

A propaganda de tv também se utiliza dessa fala pra vender seus produtos mostrando laboratórios, cientistas recomendando produtos etc... Se o cientista diz é porque é verdade (uma falácia). Se percebe com isso que o cientista virou um MITO e isso tem que acabar, a ciência também falha, traz erros e não são deuses e são 100% certos de verdades.

A ciência evolui do senso comum, se ensina e aprende partindo do senso comum, a ciência não acredita em magia, mas em dados concretos (uso da razão) ja o senso comum se prende a magia, aos sentidos e a emoção.

À medida que a ciência passou a determinar um objeto específico de investigação e criar um método para análise desse objeto, o que lhe permitiu sistematizar os conhecimentos e, por meio de experimentos, comprovar os resultados atingidos, pôde prever e agir sobre a Natureza. Identificadas as regularidades existentes entre os fatos e sua repetição mediante experimentos, os fenômenos foram generalizados e expressos em lei.

Assim sendo, a ciência torna-se objetiva e racional à medida que suas hipóteses podem ser comprovadas. No entanto, existem teorias contraditórias sobre o mesmo objeto de estudo, além de que várias teorias foram demonstradas a partir de novas descobertas. Tais evidencias nos levam a crer que, embora busque a exatidão, a ci~encia não é detentora de todas as verdades.

TESTE VESTIBULAR:

QUESTÃO 1-

A filosofia é entendida como uma ciência universal que procura a razão mais fundamental, ou seja, as causas primeiras de todas as coisas. Com relação ao conhecimento e às ciências, em confronto com a filosofia, é correto afirmar que:

A - o mito, tanto na Grécia antiga como atualmente, encerra o sentido da filosofia, que é dar uma explicação para tudo, mesmo que, para isso, tenha que construir idéias fantasiosas e irracionais. B - a filosofia serve-se também do senso comum para intuir explicações sobre a realidade, mas com ele não se confunde.

C - a filosofia é a ciência que fundamenta as opiniões dos indivíduos, não importando se elas são ilógicas ou inconseqüentes.

D - tanto a filosofia como a teologia são conhecimentos causais, racionais, teóricos, universais e teleológicos.

QUESTÃO 2-

A respeito da ciência e da tecnologia, em confronto com a filosofia, assinale a opção correta.

A - Theodor Adorno entende que o ser humano passou por três estados: o teológico, o metafísico e o positivo.

B - Desde Hegel, a forma de organização política ideal é aquela em que o poder cabe aos técnicos, aos dirigentes das indústrias e aos altos funcionários.

C - A filosofia moral nada tem a ver com a ciência nem com a tecnologia.

D - Criticando o homem possuidor de uma visão unidimensional, Marcuse entende que a tecnologia pode ser uma forma de controle e de dominação social.

QUESTÃO 3-

Com respeito à correlação entre filosofia e ciência, assinale a opção correta.

A - O conhecimento científico busca as razões mais fundamentais de todas as coisas e pretende ser objetivo, preciso e seguro.

B - O conhecimento filosófico é também teleológico.

C - O conhecimento mítico aparece quando se tem uma massa em crise, que resulta em uma emotividade que conduz a conclusões metódicas e racionais.

D - A ciência é um conhecimento metódico e racional; a filosofia é um conhecimento sem método e supra-racional.

QUESTÃO 4-

Acerca do pensamento filosófico e da relação entre ciência e filosofia, assinale a opção correta.

A - O conceito de ciência de Galileu toma por base a criação do universo tal como se encontra no livro do Gênese.

B - A expressão "revolução socrática", relacionada à filosofia na Grécia antiga, refere-se à atitude de passividade no sofrimento como algo até mesmo desejável, na medida em que, para Sócrates, seria melhor sofrer a injustiça do que cometê-la.

C - Ptolomeu aprofundou as descobertas de Copérnico com auxílio do telescópio.

D - O método indutivo é aquele que procede do singular, ou menos geral, para o universal, ou mais geral.

GABARITO:

1 B 2D 3 B 4 D

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM - FILOSOFIA

Demonstre conhecimento e familiaridade para com os autores ou clássicos da Filosofia necessários para a construção da argumentação filosófica; utilize-se de conceitos filosóficos para o desenvolvimento do pensamento e a organização da argumentação de uma maneira lógica; elabore e relacione argumentos para a intervenção nos problemas abordados, sabendo se posicionar e defender sua concepção, sem perder o respeito às concepções divergentes ou contrárias, que seja capaz de dialogar com os mais diferentes conceitos filosóficos; apresente um raciocínio lógico e criativo na resolução de problemas filosóficos; interprete e conheça os textos filosóficos.

As três peneiras de Sócrates

Trabalho realizado com alunos do 1D Noturno bloco A FILOSOFIA

ÈTICA

Atividades sobre os conteúdos trabalhos, ETICA/POLÌTICA 2º anos A, C